Páginas

Cão & Crianças, sonho ou pesadelo

Cães e crianças juntos pode ser uma combinação espectacular ou pode ser uma catástrofe à espera para acontecer. De acordo com estudos 80% das mordidas de cães em crianças provem dos cães familiares. Estas situações podem e devem ser evitadas sendo que os adultos tem a responsabilidade de preparar os cães e as crianças para conviverem em armonia.
É um erro tremendo não treinar os cães e as crianças na sua relação. Sim, as crianças também devem ser treinadas. Educadas. Aquelas adoráveis imagens dos bebés pendurados nos beiços de um São Bernardo são por vezes enganadoras. Não devemos cair no erro de dar como garantido que ambos se vão dar lindamente só porque nós os amamos aos dois.

Normalmente, o que acontece é que as crianças provocam e o cão reage.
O triste nisto é que quando o mal está feito, por culpa do dono adulto, o cão e a criança é que sofrem.

Supervisão
Sempre. Nunca facilitar. Nunca os deixar sozinhos. Nunca!

O cão age por instinto, não racionalização
Muitas vezes ouvimos dizer "e por razão nenhuma" ou "sem aviso". Isto raramente é verdade. Quando um cão morde, tem uma razão. Pode não se uma razão que nós compreendamos.
Por exemplo, as crianças adoram agarrar e dar abraços aos cães. Os cães normalmente não gostam desta situação pois sentem-se "presos" e invadidos da sua zona de segurança. Normalmente a primeira reacção do cão será dar um chega pra lá à criança, quer seja com um encontrão, um rosnar ou mesmo uma ameaça de mordidela. Se o adulto permite que a criança massacre o cão com um comportamento que o cão não gosta o risco de tragédia é crescente. É muito importante conhecermos os sinais de revolta do nosso cão. Quando ele não gosta de algo devemos intervir.
As crianças também precisam de treino
É muito injusto esperarmos que o nosso cão esteja preparado para suportar, sem reagir, às tropelias perpectuadas pelas crianças: agarrar, apertar, puxar, pisar, bigodes, orelhas, lábios, cauda, pelo...
Uma criança tem muitas coisas que podem amedrontar e até apavorizar um cão. Normalmente, as crianças, fazem barulho, fazem movimentos bruscos e inesperado. Por exemplo, uma criança que olha fixamente o cão pode ser considerada por ele como uma ameaça. Podem também alguns comportamentos das crianças serem considerados identicos aos das presas e avivar o instinto predador do ANIMAL e iniciar a caçada.
Nunca permitir que a criança surpreenda o cão ou que o prenda com uma corda ou algo do género. Um cão atormentado vai geagir agressivamente.
Se o vosso cão está no exterior da casa, tenha atenção se a vedação é grande para não permitir que as crianças que passam na rua o perturbem, gozem, assustem...
As crianças só devem interagir com os cães quando percebem que ali está um ser vivo. Uma creatura que respira como eles. Uma boa forma de fazer as crianças perceberem isso é permitir que ajudem a cuidar do cão. Alimentar o cão, escovar o cão.

Sociabilize o seu cão com crianças
A melhor forma do seu cão não estranhar a presença de crianças é fazer essa sociabilização desde cedo. Se não tem filhos, conviva com os filhos dos amigos ou vá a parques onde há crianças. A ameaça de um cachorro é muito menor que a de um cão adulto.
Se vir que o seu cão não se dá de maneira alguma com crianças procura ajuda especializada de uma profissinal.
Truques
- Ensine o seu cão a não protestar quando lhe mexem na comida (deve ser feito em cachorro). Tem que aprender que se não protestar (rosnar, morder) a receberá de volta e que ninguém lha vai tirar.
- Ensine a criança os comandos do cão. Se os souber dar correctamente não vai forçar o cão.
- Ensine o cão a estar quieto quando o bebé está ao pé dele mas não permita que seja abusado.
- Faça jogos em conjunto com ambos. Corridas e escondidinhas é um bom jogo.

Boa Sorte
Bibliografia recomendada:










3 comentários:

lara disse...

Olá Tiago, adorámos a sua labrador castanha. Queria saber se não vende labradores?Os seus são mesmo lindos! Parabéns e obrigada. Lara Tomás

lara disse...

Olá de novo!Deixo o meu email caso venda: lara.d.a.tomas@gmail.com
Obrigada.

Tiago Carneiro disse...

Olá Lara

Neste momento não tenho cachorros.
- Só criei com a Becky (preta) uma vez e já está esterilizada.
- A Khim teve uma ninhada (X) e devo cruzar no próximo cio. Lá para Junho deve ter o cio.
- A Milley ainda é muito novinha.

Eu não abuso das minhas meninas. São parte da família e não o sustento da família como noutros sítios.

Quando tiver cachorros eu apresento aqui.

Cumps.
TC

LinkWithin5

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...